PESQUISA DEMONSTRA A EFICÁCIA DA HOMEOPATIA EM VETERINÁRIA



HOMEOPATIA E MEDICINA VETERINÁRIA: PESQUISA DEMONSTRA A EFICÁCIA DO TRATAMENTO HOMEOPÁTICO EM CANINOS E FELINOS.


M.V. Celso Affonso M. Pedrini

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO.

Em função de apresentar uma concepção diferente, além da não compreensão de seu modo de ação, a Homeopatia sofre grande resistência em ser aceita pela ciência clássica. Assim, é muito importante que sejam feitos trabalhos científicos demonstrando a eficácia do tratamento homeopático em seres humanos e outras espécies animais, desmitificando alguns tabus relacionados ao tratamento pelos semelhantes.

Se a Homeopatia já é vista com sérias restrições pela Medicina Humana, por seu modo de ação ser atribuído ao efeito placebo, em Medicina Veterinária essas restrições aumentam de forma exponencial, pois os animais não são suscetíveis a um efeito psicológico em sua expectativa de melhora, fato que é atribuído ao simbolismo que o tratamento implementado representa, em função dos animais não possuírem, ao menos, em princípio, plena consciência de que estão sendo submetidos a um tratamento. Portanto, a possibilidade de melhora em animais devido ao efeito placebo seria irrisória.

Entretanto, a prática clínica demonstra que o tratamento homeopático apresenta resultados bastante satisfatórios, tanto em seres humanos quanto em outros animais, evidenciando que não é preciso acreditar e ter fé para que o tratamento homeopático funcione.

Motivados pelo desafio de responder à questão se a Homeopatia funciona ou não, realizamos, de maneira independente, esta pesquisa clínica durante 8 anos, entre 2005 e 2013, na Liga Homeopática do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, entidade com a qual estabelecemos uma parceria, concomitantemente a um trabalho voluntário.

Esta pesquisa surgiu com o objetivo de documentar casos clínicos individuais, mostrando por que optamos em trabalhar com Homeopatia em Medicina Veterinária, pois a nossa prática clínica demonstrava que este sistema terapêutico possui condições de proporcionar excelentes resultados, no sentido de oferecer uma vida mais digna, saudável e de qualidade aos pacientes, especialmente nos casos em que o tratamento clássico apresenta resultados parciais ou insatisfatórios. Consideramos que este é o grande diferencial da Homeopatia, tratando com sucesso pacientes que a Medicina Veterinária Clássica esgotou os seus recursos, muitas vezes até desenganando estes pacientes. É claro, sempre com muito critério e responsabilidade, pois cada caso deve ser analisado individualmente.

Com o tempo, vislumbramos a possibilidade de realizarmos um estudo de eficácia. Todavia, encontramos alguns obstáculos, principalmente relacionados à concepção de saúde e doença, pois, ao contrário da Medicina Convencional, o tratamento pela Homeopatia é voltado ao doente, em sua integralidade, e não à doença. Dessa forma, procuramos fazer uma aproximação ao método científico clássico. Para isso, recorremos a uma literatura especializada e utilizamos uma metodologia própria, que estamos desenvolvendo e aprimorando, desde que concluímos a nossa especialização. Assim, em função da Homeopatia estar estruturada em um paradigma diferenciado, a avaliação dos pacientes submetidos a este estudo deveria também ser executada de uma maneira distinta. Por conseguinte, os sintomas foram os parâmetros utilizados para o tratamento e a avaliação da evolução dos pacientes caninos e felinos portadores de doenças crônicas e transtornos de comportamento, que foram submetidos ao nosso tratamento homeopático.

De 77 pacientes que passaram por uma primeira avaliação, 26, ou seja, 33,77% acabou não retornando. Este fato mostra a necessidade de esclarecimento aos seus responsáveis de que a Homeopatia possui diferentes concepções e conceitos, e de que podem ocorrer alguns fenômenos com os pacientes durante o tratamento. Além disso, em quadros crônicos é necessário haver uma continuidade, devendo o tratamento ocorrer a médio ou longo prazo, a fim de que a terapêutica homeopática possa disponibilizar todo o seu potencial de benefícios aos pacientes.

Os pacientes incluídos no estudo foram divididos em dois grupos: os que foram tratados e acompanhados por mais de 6 meses e os que foram por menos de 6 meses. Um terceiro grupo consistiu em todos os 51 pacientes que tiveram sequência no tratamento.

Alguns resultados e conclusões desta pesquisa:

* Dos 25 pacientes que estavam no grupo que foi acompanhado por mais de 6 meses, 96% apresentaram uma melhora significativa em sua condição inicial (ou seja, quanto aos sintomas inerentes ao diagnóstico relacionado à queixa principal) e sua qualidade de vida. Resultado amplamente superior ao grupo que foi acompanhado por menos de 6 meses, que apresentou 69,23% e 76,92%, respectivamente.

* Em grande parte dos pacientes, ocorreu uma melhora concomitante de outros sintomas, tanto de ordem física quanto comportamental. Considerando-se o grupo que foi acompanhado por mais de 6 meses: dos 22 pacientes que apresentavam sintomas comportamentais e orgânicos antes de iniciar o tratamento, tendo apresentado uma melhora significativa no diagnóstico relacionado à queixa principal, 20 destes pacientes, ou seja, 90,9% apresentaram melhorias concomitantes em sintomas de ordem física e comportamental. Estes números corroboram o conceito de tratamento integral que é conferido ao sistema terapêutico homeopático.

* Em função do alto grau de eficácia no tratamento de caninos e felinos, portadores de doenças crônicas e distúrbios comportamentais pela Homeopatia, chegamos à conclusão de que a ação do medicamento homeopático não pode ocorrer pelo efeito placebo, pois os animais não seriam, em princípio, suscetíveis a um efeito psicológico positivo em sua expectativa de melhora.

* Os resultados deste estudo demonstram que o tratamento homeopático foi eficaz em doenças crônicas e transtornos de comportamento em caninos e felinos. Dessa forma, a Homeopatia pode ser considerada uma ciência baseada em evidências.

* O alto grau de eficácia desta pesquisa corrobora o fato de que a Homeopatia não é anacrônica, mesmo que estejamos vivendo em pleno século XXI, em que somos cada vez mais dependentes da tecnologia e da informática.

Para conhecer mais detalhes desta pesquisa, sugerimos a leitura de “Estudo da eficácia da Homeopatia no tratamento de doenças crônicas e distúrbios comportamentais em cães e gatos”.



Dr. Celso Affonso Machado Pedrini

Médico Veterinário

www.celsopedrini.com.br

CONTATO: celsopedrini@terra.com.br